Uma quantidade expressiva de caixas de papelão ondulado, pallets, tampas e cantoneiras são mensalmente coletadas nas plantas dos clientes e reaproveitadas.

  • Os clientes reagiram positivamente ao FSC e hoje, cerca de 85% dos clientes da Brasilgrafica possuem o selo FSC em suas embalagens.
  • Instalação de redutores de vazão nos sanitários e vestiários.

Em toda a hidráulica da fábrica foi executado um projeto de manutenção preventiva. Foram realizadas campanhas de educação entre os funcionários orientando a todos o consumo adequado da água. A média relativa aos 3 primeiros meses de 2011 já apresenta uma redução de 12% em comparação ao mesmo período do ano passado.Esta redução significa economia projetada de 2.571 m³ de água para este ano.

  • Instalação de banco de capacitores visando o aproveitamento de energia reativa;Adequação dos quadros de energia à NR10;Construção da fábrica nova seguindo o conceito de conforto ambiental com otimização de luz e ventilação naturais;Troca de lâmpadas convencionais por lâmpadas econômicas.
  • Foi realizada a substituição de 90% das empilhadeiras à gás por empilhadeiras elétricas que utilizam energia proveniente de fonte renovável. Todas as novas paleteiras já foram adquiridas seguindo este conceito. Com a troca das empilhadeiras, reduzimos em 27% o consumo de gás GLP, gerando uma redução aproximada de 24 toneladas de GLP por ano.
  • Foram instaladas em alguns clientes da Brasilgrafica, linhas de colagem de cartucho in site. Estes cartuchos passaram a ser transportados abertos ( palletizados ) e não mais colados. A caixa de papelão foi eliminada no transporte e as embalagens passaram a ser entregues em pallets retornáveis. Esta alteração na forma de entrega permitiu melhor aproveitamento da carga no veiculo e a redução de viagens. Houve redução da área de estocagem e otimização do frete com o aumento de 2/3 da quantidade de cartuchos por viagem, reduzindo despesas com frete e deixando de expelir toneladas de CO2 na atmosfera.
  • Alternativa para o volume mensal de 20.000 sarrafos (tiras de madeira com 2,5m) usados na fabricação de pallets e tampas de madeira para o transporte das embalagens acabadas da Brasilgrafica. A opção adotada foi aproveitar os pallets e tampas descartáveis provenientes de fornecedores de cartão.Este material passou a ser reutilizado em nossa marcenaria e transformado em pallets e tampas para produto acabado. Evitamos o descarte de centenas de pallets/mês, geramos economia no processo e reduzimos em 75% a compra de madeiras virgens, passando de 8 cargas mensais ( 20.000 sarrafos ) para 2 cargas mensais (5.000 sarrafos).
  • Redução do consumo de caixas de papelão Reutilização das caixas de embarque através de solução logística que permite que as caixas de embalagens entregues aos clientes retornem para a Brasilgrafica e possam ser reutilizadas por até 5 vezes. Atualmente 27% das caixas de papelão são reutilizadas, com isto deixamos de consumir aproximadamente 770.000 caixas por ano.
  • Redução na geração de aparas no processo de produção de embalagens. : O processo gráfico gera uma significativa quantidade de aparas que, embora sejam 100% direcionadas para a reciclagem, aumentam o consumo de cartão. Através de treinamento de funcionários, redução do tempo de setup de máquina, manutenção preventiva e melhor aproveitamento das folhas de cartão, conseguimos reduzir esta quantidade. No segundo trimestre do ano de 2011 já percebemos uma redução de 1,17% equivalentes a 116 toneladas de aparas.
A maneira Brasilgrafica de ser sustentável.